Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

[mc4wp_form id="6"]

Olá estranho

Por Posted on 0 4 Leia

Olá estranho!

Engraçado né? Te chamar assim depois de dias conversando e você saber um pouco sobre mim… é acho que não posso te chamar assim.

Olá Amigo?

Melhor né? Assim o tempo pode ditar suas regras, mesmo sabendo que o mundo insiste em não as cumprir.

Quero apenas dizer-lhe, somos movidos pelas circunstancias dos nossos sentimentos, muitas vezes eles nos levam a caminhos tortuosos, mas sabemos que não terminamos a jornada sem aprender a lição!

Às vezes queremos tanto o caminho correto, o feliz, o rápido, o rico, o curto… como somos pobres! Demoramos a entender que o nosso caminho é uma estrada de paralelepípedos, e te digo ela não vem preenchida, somos os construtores dela, dói, edifica, constrói o nosso caráter, nosso ser, mas é o caminho feliz que sempre buscamos ter, e está bem ali, em uma pequena peça que preenchemos da nossa estrada!

Tem as pedras bases: família, pode não ser perfeita, a mais bonita, mas tenho certeza ela é e será solida. Mesmo com a chuva mais acida, ela suportara, não te garanto que intacta, mas continuará ali para você.

As pedras raras: amigos, são aqueles espaços que uma pedra qualquer não pode preencher, então essas surgem em uma caminhada de domingo, ou uma tarde de inverno. Você sempre sorrirá ao lembrar de como a encontrou, ta eu sei que ela as vezes vai te dar um trabalho para ser adaptada ao lado das outras pedras da sua vida, mas você sempre vai dizer que ela já tem o espaço dela, e é único! Você sabe que ela sempre estará lá, por mais que se distancie, ela faz parte da sua jornada de vida!

As pedras dos tropeços: ah essa são importantes também, porque como elas nos ensinam viu. As vezes elas se mostram saltadas e sempre achamos que vamos conseguir passar numa boa, e “BAM” caímos, engraçado ne, porque na hora dói e muito. Machuca, sangra, mas ensina que por mais que calculamos os erros, as vezes não sabemos de tudo, e isso é normal. Basta levantar, sacudir a poeira, limpar o machucado e deixar ele de lição!

As pedras simbólicas: insistimos em chama-las de amor, mas sabemos que ainda não chegamos tão perto dele, esse é difícil viu, podemos dizer que encontramos pelos caminhos ramificações de amores, porque o amor ainda não foi encontrado, posso até dizer que o mais perto que chegamos dele é o amor filial, porque é uma ligação única, ter aquele ser ali, e em um dia de dor, com um sorriso fazer seu mundo parar, e pronto tudo bastou, mesmo você não tendo vencido aquele dia, você ganhou seu prêmio! Não sei dizer se existe um amor que supere este, que seja puro, livre de todos os pecados! Se existe uma hora ele esbarra em mim e vamos tomar um café em uma esquina, para ele poder me contar os seus mistérios!

Acho que daria uma ótima história, de quantas pessoas o dizem ter sentido por aí, e foi apenas uma ramificação de sentimento.

Ah meu caro amigo, a vida é tão complexa que até para entender os seus mistérios da trabalho, e acho que o lado bom dela é deixar ela te guiar por esta vastidão de mistérios infundidos no nosso dia a dia. Assim tem graça, porque você não sabe o que ela pode te mostrar amanhã, pode ser tudo e nada ao mesmo tempo, e como sei? Bom não sei, decidi sair por aí e viver, com o pouco que me resta. A vida passa tão rápido e ensina muito, e mesmo assim queremos perder nosso tempo com coisas mesquinhas, julgamentos, dores, ah nem vale a pena sabe, vamos sorrir mais, porque quando a morte chegar, sei que vou segurar na mão dela e dizer, agora cumpri este ciclo da minha vida, vamos para o desconhecido, vou dar meu último sorriso e partir, então verás os meus sorrisos registrados nas velhas fotografias deixadas num canto qualquer.

Você nunca terá a certeza do correto, se está acertando, se marcou a vida de alguém, se vai doer sua partida, se irão lembrar por muito tempo ou pouco, a única coisa que tem que saber é escolher e seguir o curso do seu caminho, porque ele terá uma lição a te mostrar, e te fará ser forte.

A vida é linda com seus mistérios, não perca seu tempo tentando desvenda-los, viva! Porque pode ser que hoje seja o seu último momento, e a morte lhe chegue mais cedo.

 

Escrito por: Nadynne Garcia
Blog da Nadynne – O fundo do poço espelhado

 

Quer mandar seu texto? Te explico aqui!

(Visited 24 times, 3 visits today)

Compartilhe este post

Seja o (a) primeiro (a) a comentar

O que você achou deste post?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: